Multiforme graça de Deus. Como explicar?

Bem, eu confesso que desde que iniciei minhas postagens neste blog, talvez esse seja o post mais complicado de escrever, por se tratar de um assunto ainda meio confuso para minha cabeça. 
Na verdade, ele até que é claro em minha mente, mas de difícil explicação, vamos lá:

O que me chama a atenção, desde algum tempo, é como as vezes, existem pessoas, que se dizem "Cristãs" com o coração tão duro, e com um péssimo caráter, enquanto existem pessoas de outras religiões com um coração muito mais movida para a prática de boas obras.
Não, não estou dizendo que um é melhor que o outro, mas digo que há exceções, e há sim, vagabundos, pilantras e bandidos no meio evangélico, assim como há em qualquer outro setor da sociedade.

Bom, mas como explicar isso? Poderia eu afirmar que uma outra religião ou denominação além da minha pode salvar?
Veja bem, temos variações doutrinárias dentro da própria igreja evangélica:
Congregação Cristã no Brasil, Igreja Deus é amor, Assembléia de Deus, Igreja Presbiteriana Renovada, Só o Senhor é Deus....
Principalmente as duas primeiras citadas tem diferenças profundas de doutrina das demais. 
Mas e daí? Essa salva, e aquela não?
Essa tá certa e aquela errada?




Como disse, posso até me embananar na hora de explicar, mas eu vou tentar lhes passar o que compreendo hoje.

"Na verdade pareceu bem ao Espírito Santo e a nós, não vos impor mais encargo algum, senão estas coisas necessárias:
Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da prostituição, das quais coisas bem fazeis se vos guardardes. Bem vos vá. "
Atos 15:28-29


A igreja que se originou logo após Jesus ter subido aos céus, não tinha o jugo da lei mosaica sobre si, algumas das  "leis" que os gentios tinham que obedecer eram se abster de coisas sacrificadas aos ídolos, e praticar o amor ao próximo. 
Essas "leis" estavam em pleno acordo com o que Jesus disse:

"E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
Este é o primeiro e grande mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas. "
Mateus 22:37-40


Mas com o passar do tempo, questões interpretativas passaram a originar diferentes ramificações, do catolicismo surgiu o protestantismo, e daí em diante, várias igrejas com nomes novos surgem a medida que o tempo se passa.
Agora, que expliquei (bem por cima é verdade), algumas das origens da igreja, voltemos a analisar as igrejas citadas acima. Elas estão todas fora do que foi dito por Jesus? Estão todas dentro?

E a questão de véu, calça, saias e brincos?

Bem, começarei por mim. 
Eu prefiro NÃO USAR BERMUDA, porém, NÃO VEJO MAL NENHUM EM USAR. A bíblia em nenhum momento condena uma ou outra coisa. Porém, cresci em uma igreja rígida, e o apóstolo Paulo disse:

"Por isso, se a comida escandalizar a meu irmão, nunca mais comerei carne, para que meu irmão não se escandalize. "
1 Coríntios 8:13

Paulo pregava a liberdade entre os gentios, porém ele mesmo afirmou que se fosse para escandalizar, ele se absteria. Por esse motivo prefiro não usar shorts, para não trazer escândalo a minha igreja, mas como disse, mal nenhum há em usar. Também foi o apóstolo Paulo que disse que é melhor que não case, mas aquele que tem desejo que se case (1 Co 7:8 e 9). Esse é o famoso "cada um cuida da sua vida" que o apóstolo manda.

Mas onde eu quero chegar com tudo isso?

Em meio a essas dúvidas minhas de que, essa igreja tá certa, aquela tá errada, não é aquela a certa e essa a errada, descobri um versículo que, juntamente com o versículo de Atos 15:28-29 e Mateus 22:37-40, puderam esclarecer a minha mente.

"Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus."
1 Pedro 4:10

Multiforme = Muitas formas.

Temos então que entender que a graça de Deus é multiforme, isso lhe impede que se limite  a uma ou outra denominação. Creio eu, que todas as igrejas acima levam a Cristo, por estarem de acordo com os textos já citados, sendo diferentes umas das outras, mas todas dadas a multiforme graça de Deus.

Como posso dizer que uma pessoa que aceita Jesus como seu único e suficiente salvador não está salva?

"A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. "
Romanos 10:9

Acredito que Deus tenha permitido essas variações de doutrina, porque sabe, que as pessoas são de difíceis coração, e Ele, visando sempre o nosso bem, quer que nos sentimos bem para estarmos juntos dEle.
Há pessoas que preferem de um jeito, outras preferem de outro, só acho que, não há uma verdade absoluta sobre como a igreja deve ser, ela varia, é multiforme, de acordo com a multiforme graça de Deus.

Paulo Sérgio da Cruz


2 comentários:

De todas as coisas que li para entender sobre a 'multiforme graça de Deus' essa foi a mais esclarecedora. Obrigada, boa explicação e fundamentada.

Olá!
Entendo esse versículo como membros do corpo de Cristo é dos dons espirituais.Como diz Paulo em 1Coríntios 12:4-11;28

Postar um comentário

Dê sua opnião sempre com respeito